Fragmental

10/13/2005

O Russo da Califórnia

Teve reunião no RioJUG semana passada. Pra variar uma figura notável ganhou a assinatura de revista.

Nunca havia visto ele na reunião, e logo percebi porque. Yuri é Russo, mora na Califórnia há dez anos, aprendeu português (muito razoável) semestre passado, está tirando seu Phd em Berkley e está na UFRJ trabalhando em sua pesquisa.

E qual o campo dele? ERPs? Sistema flaxíveis? Integração? Não, Sociologia.

O campo de estudo do Yuri é como os engenheiros e técnicos de TI adquirem informação. Realmente, um campo muito interessante.

Veja a nós mesmos. Pessoas que ganham acima da média nacional e precisam se atualizar constantemente. Um ramo cheio de crenças e convicções, quase que uma religião, e vivendo eventuais guerras santas. Temos hippies, suits, quem só quer ganhar dinheiro e voltar pra casa, filantropos, líderes... tudo isso dentro de um ambiente altamente coorporativo. Temos doutores e molequees conversando de igual para igual (por menos que os doutores admitam isso). Em alguma madrugada, qualquer um pode entrar no quarto, virar a noite programando e mudar o mundo da tecnologia com algum conceito novo.

Não pude ficar muito tempo lá, mas vou pegar o e-mail dele e pedir que me inclua na lista de distribuição de uma publicação neste tema.


 
f