Fragmental

8/23/2005

Conexão Java 2005 - Parte I: O Debate

Eu não ia conseguir falar sobre o CJ2005 hoje, estou extremamente atarefado, mas vou ter que comentar algo.

Para quem não sabe, o tal "TBC" (To be Confirmed) da grade no debate era eu. Fui chamado pelo Rafael Steil e depois pelo louds (Rodrigo Kumpera) para participar do debate com o hammett, o Hamilton Veríssimo. Eu conhecia o hammet de nome, me parece que quando eu entrei definitivamente para a comunidade Java ele estava indo apra o .Net.

A culpa por não ter meu nome no evento foi minha, que não consegui participar efetivamente da organização da atividade, mas enfim, rolou. Minha impressão é que foi muito bem.

Antes de continuar, o Hamilton provou que é um profissional extremamente competente e confiante. Ele aceitou a proposta de participar de um evento sobre Java falando mal de .Net. Você faria isso com a sua tecnologia? Convidamos outras pessoas para compôr a mesa, mas ninguém teve coragem, por isso o debate foi 1 a 1.

Para quem ainda não percebeu (tem gente muito lenta por aí..), o debate foi o contrário do normal (apelidamos carinhosamente de !debate). Eu meti o pau no Java e o hammett no .Net, a visão era de quem usa a tecnologia, não um cara xingando a mãe do outro que nem conhece.

Parece que mesmo assim tem gente que prefere xingar tudo e todos sem entender. Questionam a qualificação técnica do participante (engraçado ler os comentários nos blogs depois que eles "descobrem" que o hammet é commiter de projetos super respeitados e autor de livro sobre ASP.Net...além de entender muito de Java) e até conceitos básicos de Ciência da Computação como listas ordenáveis.

Pessoas que nem sequer foram no evento tentar desmerecer os participantes. Pessoas que foram e não repararam nem que o Rodrigo era o moderador, não participante, questionam.

"Ah, é porque eles são de .Net, esse povinho é assim mesmo" ...ah é? Na verdade eu ainda estou esperando reações parecidas do lado Java, bem parecidas. Muito parecidas.


O Hamilton postou uma resposta de altíssimo nível no seu blog. Não sou indicado para falar de .Net (e por isso nem poderia participar dum debate normal deste tipo), mas acho que foi na mosca.


 
f